2012/07/22

Já experimentaram marcar um encontro para dali a 20 anos?
A vida que vivemos dá para isto tudo...
Há dez anos atrás combinei um encontro com uma pessoa. Estávamos no ano de 2002, tínhamos perdido o rasto ao dia em que nos havíamos "encontrado", por isso, marcados pelas muitas distâncias, combinámos que - mesmo que não nos conhecêssemos antes - nos encontraríamos dali a 20 anos, no dia 22 de julho de 2022, pelas 22h00, num lugar especial, no meio do Atlântico.
Ao dia de hoje, e neste momento, só faltam dez anos...

Conhecemos-nos um ano depois em Lisboa e chegámos a falar algumas vezes no encontro marcado para dali a duas décadas. Pela primeira vez tinha conhecido alguém que gostaria que tivesse sido o meu melhor amigo de uma vida inteira. Não foi, embora me tenha marcado de forma que não questiono. Mas entretanto afastámos-nos; voltámos a encontrar-nos uns anos depois nas redes sociais; depois disso estivemos juntos 2 ou 3 vezes; mas foi, e é, tudo vazio demais. A amizade que construimos nos primeiros 3 anos perdeu-se, e já não existe absolutamente nada.

E aquilo que há dez anos poderia parecer um acordo patético, hoje parece-me uma poética cena de um filme, e surpreendentemente natural. Assusta-me apenas a sensação de o tempo ter passado depressa demais.
Não me esqueci, e julgo provável que ele também não, mas se estaremos ou não, no local e hora marcada, é uma incógnita e sê-lo-á (pelo menos para mim) nos próximos dez anos.
Dez anos depois, ao som de Decades (Joy Division).

14 comentários:

  1. nossa! medo de tamanho compromisso. eu ia acabar esquecendo...
    rs

    ResponderEliminar
  2. @Serginho Tavares
    É uma lição. Podemos esquecer de responder a uma sms (porque não é importante para nós), mas não nos esquecemos de uma coisa que combinámos ou falámos há dez anos, se ele foi importante par nós...

    ResponderEliminar
  3. @Alex
    Talvez nem seja assim tão grande, mas dilatada no tempo :)

    ResponderEliminar
  4. cena poética de um filme, talvez no topo do empire state building :)
    20 anos? 20... uma amizade pode durar uma vida, mesmo estando anos sem se verem.
    bjs.

    ResponderEliminar
  5. tens de ver os filmes before sunrise e before sunset. Não foram 20 anos entre o último encontro das personagens mas sim 9 mas ainda assim é a prova de que quando algo é importante não nos esquecemos dela.

    ResponderEliminar
  6. Fantástico: "dentro de 20 anos, num lugar especial, no meio do Atlântico"!
    O que leva duas pessoas a combinar algo assim? E porquê no meio do mar? Que lugar especial é esse para os dois? Será que vão cumprir o que combinaram? Como se pode desistir sabendo que alguém pode estar a atravessar meio Atlântico só para nos ver? Uau!

    Fantástico (2): "assusta-me apenas a sensação de o tempo ter passado depressa demais". Pois, pois! o que é que vou descobrir que perdi quando lá chegar à hora marcada? Ou haverá algo a ganhar? Ui!

    ResponderEliminar
  7. @Margarida
    Penso que sitio escolhido seria ainda mais poético :)

    ResponderEliminar
  8. @K.
    Não os conheço mas prometo ir descobri-os :) E, por sinal, 9 tb é um número de que gosto bastante.

    ResponderEliminar
  9. @Joao Maximo
    Tb acho que há algo de fantástico em toda esta história, por isso a partilhei.
    E naturalmente que falta contar detalhes que revelaria muito mais e que respondiam a parte das tuas questões :)

    ResponderEliminar
  10. É quase surrealista...
    Marcar um encontro desse tipo revela uma certa forma de transformar em utopia algo que na altura era absolutamente possível.
    No entanto, muitas coisas aconteceram, e só tu e ele saberão o suficiente para concretizarem ou não esse encontro, se o mundo não estourar, entretanto...

    ResponderEliminar
  11. @João Roque
    De facto na altura era quase absolutamente impossível, e por isso só nos conhecemos 1 ano depois.
    Mas tb por outras razões esperemos que o Mundo chegue até lá :)

    ResponderEliminar
  12. E a questão que se coloca é - tu queres lá estar, no local, dia e hora marcada?

    ResponderEliminar