2013/06/25

Naquela piscina já ouvi inúmeras conversas de teor homofóbico (deve ser algum passatempo de verão), mas no passado domingo, nas conversas de grupo de garotos e garotas de 7 anos, ouvi estas frases de "desafio" aos saltos para a piscina:
"Se não saltares és bissexual."
"O último a mergulhar é um gay."
"Mergulha, senão és lésbica."
"Vocês são gays, vocês são gays... e medricas."
Impressionou-me, mais do que o teor, a amplitude e domínio técnico do vocabulário ; )
De pequenino..., ao som de Kids (MGMT).

20 comentários:

  1. ahahah... pelo menos já não se cingem apenas ao ''gay''.... agora aprendem cedo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já não se usa "o último a saltar é ovo podre"?
      Abc

      Eliminar
  2. Eu diria mais: pelo menos já dizem 'gay' e não aqueles termos tão pejorativos. A amplitude também causa espanto, é verdade. Só faltou uma menção aos transexuais, de si extremamente discriminados. Esqueceram-se, vá lá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Citei com o maior rigor possível, e de facto não ouvi outros termos.
      Tivesse eu ouvi mais e porventura teria ouvido essa referência ao T do lgbt ;)

      Eliminar
  3. Modernices e homofobia precoce...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Homofobia precoce, claramente, mas também não tenho dúvidas que muito daquilo vem de casa...
      Abc

      Eliminar
  4. piscinas, nem por um canudo ainda (estou à espera da do Arrakis) :P
    não tenho dúvidas que eles escutam isso em casa, os comportamentos homofóbicos replicam-se, tristemente.
    bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje sou bem capaz de ir à piscina ao fim da tarde, que 38º já o justificam :)
      Bjs

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Eu saltei, e até foi de costas LOL
      Abc

      Eliminar
  6. No meu tempo, era medricas pé de salsa...

    Longe vão os tempos :)

    Modernices, dirão alguns...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não era mariquinhas pé de salsa?
      Agora já há especialidades ; )
      Abc

      Eliminar
  7. A mim impressiona-me e preocupa-me, pela negativa, como é que meninos e meninas tão novos já usam este tipo de linguagem. É claro que eles não têm noção exacta daquilo que dizem - ouvem falar em casa e na televisão - mas ainda assim é mau e triste.

    Abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não fiquei menos impressionado, mas acho que eles têm noção do que dizem, tanto que quando foi para provocar a menina saiu a frase da "lésbica".
      Abc

      Eliminar
  8. Delicioso.
    Não sei onde vai parar esta fobia letrada da nova geração, mas pressinto que a um lugar engraçado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei até que ponto é preocupante, mas convêm estar alerta.
      abc

      Eliminar
  9. Aos sete anos??? A minha alma está parva!

    Ass: Gattaca

    ResponderEliminar
  10. A filha uma amiga, disse-lhe «olha mãe, estão a dar beijinhos. as minhas bonecas são lésbicas». Tinha 6 anos. É um caso positivo de precocidade. A mãe perguntou porquê e ela disse que gostam uma da outra. :)

    ResponderEliminar