2014/05/12

Hoje atirei-me de um avião.
Na verdade empurraram-me... com o meu consentimento :)
Fiz um salto de paraquedas em Tandem, com um gajo giro agarrado às minhas costas, salvo seja. Subimos a mais de 4000 m de altitude, no meio do Alentejo, passeámos de avioneta, disfrutámos a vista, que é fantática (avistámos as Serras de Sintra e da Arrábida, os Estuários do Tejo e do Sado, Tróia, o Atlântico...), saltámos do avião, descemos a mais de 200 km/hora em queda-livre durante 1 minuto, o paraquedas funcionou e de repente pareceu que ficámos a planar, demos umas quantas piruetas que me deixaram enjoado umas horas, o paraquedista ainda me deixou "manobrar" o paraquedas durante uns segundos (mais umas piruetas), continuámos a descida a cerca de 20km/hora, e aterrámos em beleza.
Foram uns largos minutos de descida, parte deles com a adrenalina nos pícaros, mas o tempo voou, e nem deu tempo para ansiedades, receios ou hesitações.
E quando tudo isto é feito com bons amigos, só pode ser fantástico :)
Pelos céus..., ao som de I'm like a bird (Nelly Furtado).

36 comentários:

  1. Boa Sérginho! Até eu, só com o relato, fiquei com um sorriso ao ler.
    Ainda bem que aproveitaste muito :)

    ResponderEliminar
  2. Gostava de poder fazer o mesmo :)

    Tenho vertigens :S

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se haverá como contornar isso, mas a experiência é fantástica :)

      Eliminar
  3. também vou fazer isso. presente de aniversário :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha foi tb uma comemoração de aniversário :)

      Eliminar
  4. Jesus! 4.000 km?! (rsrsrs) Com certeza teve que usar roupa de astronauta! (rsrsrs) Desculpe a brincadeira... não seriam 4.000 mts?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahah estava errado, naturalmente.
      o fato era mais de Top Gun :)

      Eliminar
  5. há uns dois anos que estou para fazer isso, ali na arrábida. parapente e tal... para ver se é este ano.
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gostava de fazer parapente ou asa delta :)

      Eliminar
    2. inscrevi-me na mailing list da letsbonus há uns anos e de vez em quando enviam promoções. a ver se é desta :)

      Eliminar
    3. conta-nos quando fores :)

      Eliminar
  6. Respostas
    1. XD nem te tomava por invejoso :)
      não és o único a dize-lo :) foram mais as pessoas que me disseram que não o fariam, do que o contrário.

      Eliminar
  7. O pai chegou a fazer isso em jovem, que me contou.

    Eu não seria capaz por variadíssimos motivos. Ser asmático é um deles, medo das alturas um outro, medo no geral, aliás.

    Todavia, acredito que a sensação de liberdade seja indescritível. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma experiência muito gira, não só pela queda-livre (é essa a experiência extrema), mas por tudo o que aconteceu antes e depois. mas é preciso que nos sintamos confiantes e em boas condições físicas para o fazer, porque o objetivo é o divertimento :)
      Mas só o passeio de avioneta já foi fantástico e não é nada arriscado :)

      Eliminar
  8. Boa :)

    Tenho que ganhar coragem e ir lá também.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Força. Foi muito mais divertido do que imaginei e tive muito menos receio ou falta de coragem do que esperava ter :)

      Eliminar
  9. É uma experiência que também gostava de fazer, a sensação deve ser indescritível! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Força João :)
      É uma experiência algo extrema, mas muito divertido :)

      Eliminar
  10. haja coragem :)
    eu sempre disse que adorava experimentar isso.. mas ainda não ganhei a coragem necessária :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se te ajuda, nunca tive medo ou hesitante :)
      É um salto em tandem em que só tens que apreciar e divertir-te. Durante a queda-livre nem tive tempo para pensar em medo, e antes e depois senti-me sempre super seguro :)

      Eliminar
    2. Coisas que nunca vou fazer na vida é andar numa montanha russa e fazer um salto desses, morreria sem margens para dúvida.

      Eliminar
    3. Eu adoro :) se é radical e eu achar que é seguro, faço sem pensar muito.

      Eliminar
  11. wow, deve ser uma experiência magnífica. hoje em dia já não teria coragem, acho eu, mas pode ser que um dia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se me permites Miguel, é agora que deves experimentar. Eu quis faze-lo antes de chegar aos 40, precisamente porque agora me sinto muito bem fisicamente e não sabemos o futuro.
      Mas a minha mãe experimentou "SkyCoaster" (semelhante a Bungee Jumping) quando tinha 55 anos e adorou.
      Sim, está-nos no sangue :)

      Eliminar
  12. Não consegui, acho que desmaiava só de olhar para baixo. Mas acredito que seja uma sensação única, inesquecível...e depois o mais provável é se querer mais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma experiência extrema, portanto é preciso querer mesmo faze-lo. É inesquecível, de facto, e gostava de repetir, mas por agora estou satisfeito :)

      Eliminar
  13. Deve ser uma experiência inesquecível... Eu também gosto de me sentir nas nuvens quando viajo de avião mas atirar-me?? Isso é que não... Pelo menos por enquanto falta-me a coragem ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É preciso querer ter a experiência :) e é preciso ter coragem. Agora sei que a tenho de sobra :)
      bjs

      Eliminar
  14. Respostas
    1. a maioria das pessoas reagiu assim

      Eliminar
  15. Gostava de fazer... mas confesso que me falta a coragem necessária para o fazer lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. se queres muito irá acontecer; e quanto mais cedo melhor :)

      Eliminar