2012/12/12


História #05
Autor: Jota


MALDITO CHAMPANHE

Eram 20h em ponto quando o Tigas me ligou, a resposta para mim era óbvia, não podia estar presente ou estava demasiado atrasado para a ceia de natal?
Atendi e confirmei aquilo que o meu cérebro já havia adivinhado.
As estradas estavam cobertas de neve o que impossibilitava a circulação de qualquer veículo.
Um misto de emoções fez vibrar todo o meu corpo, não chorei decidi não o fazer, antes liguei o som, coloquei a nossa música e abri uma garrafa de champanhe e mesmo sem recorrer ao copo, bebi, bebi de modo a deixar o meu cérebro sem qualquer poder de raciocínio.
Por instantes fui interrompido pelo tocar da campainha, um som bastante ensurdecedor. O meu coração disparou e sem dar tempo a qualquer pensamento abri a porta de acesso à rua. De frente para mim estava Tigas e no mesmo instante ouvi um som que percorreu todo o chão da sala. Direcionei o meu olhar para baixo e reparei que o champanhe que ainda restava me acompanhava, estava agora derramado por todo o chão assim como os pequenos vidro que compunham a garrafa.
O Tigas olhava para mim com aquele olhar penetrante e intenso, pelo qual me apaixonei, estava mais sensual que nunca e num tom charmoso deixou escapar 4 palavras: JOTA, AMOR CASAS COMIGO?
Neste momento já estava arrependido de ter tomado todo aquele champanhe que me impossibilitava de raciocinar corretamente.
E agora limpo todo este chão ou caio nos braços do homem que amo?
Maldito champanhe!!!

26 comentários:

  1. ADOREI! :):):)

    Abraço C.

    ResponderEliminar
  2. eheheh! nunca se deve brincar com coisas sérias... olha o desperdício de champanhe... ;D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro João,
      esse foi oferecido lol

      Abraço
      JOTA

      Eliminar
  3. Nem uma coisa nem outra LOL É gritar SIM! LOL

    ResponderEliminar
  4. É sempre um prazer enorme ter os meus amigos a participar nos concursos Pixel.
    Abraço :p

    ResponderEliminar
  5. :D
    e agora? ai, que indecisão, resposta difícil, essa...

    ResponderEliminar
  6. Obrigado por publicarem histórias destas que nos fazem vibrar.
    ADOREI.

    ResponderEliminar
  7. Este conto surgiu através do convite de Sad eyes, foi escrito com a intenção de partilha e foi o meu primeiro conto.
    Obrigado pelos comentários
    Abraço a todos
    JOTA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e já agora obrigado ao meu amigo Sad eyes pelo convite.
      abraço
      :)
      JOTA

      Eliminar
    2. O prazer foi todo meu :)
      abraço

      Eliminar
  8. A história é veridica? Muito bem escrita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá :)
      A história obviamente não é veridica.
      Obrigado pelo comentário.

      Abraço

      Eliminar
  9. É o que se chama uma bela surpresa =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Arrakis,

      sim é verdade surpresas destas são sempre bem vindas. :)
      Abraço
      JOTA

      Eliminar
  10. Porra, que raio de pergunta!
    Atira-te pros braços dele!
    Que bela prenda de Natal! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,

      pois é também queria uma prenda destas lol
      Abraço

      JOTA

      Eliminar
  11. Realmente muito interessante. 5 estrelas.

    Carlos L.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Carlos :)

      Abraço
      JOTA

      Eliminar
  12. Jota, quando editas os teus livros?
    Parabéns.

    Amigo Edu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Edu,
      agradeço o comentário no entanto não sei quem és!
      Escrevo algumas coisas mas nunca pensei editar e poucos a conheçem.

      Abraço :)
      JOTA

      Eliminar
  13. Mais uma história fascinante, primorosa, elegante.
    BOA

    ResponderEliminar
  14. Quero um gole desse champanhe :)
    :)

    ResponderEliminar
  15. Cais no "maldito" chão com o homem que amas. lol

    Fábio

    ResponderEliminar